Sobre a Revista Dae

A Revista DAE Criada em 1936, é o periódico de engenharia sanitária mais antigo do Brasil. Indexada e Qualificada no sistema QUALIS/CAPES, LATINDEX, DOAJ, Plataforma Curupira, Ulrichs, LIVRE, e DIADORIM , o periódico de periodicidade trimestral , tem por objetivo a divulgação de artigos técnicos e científicos originais da área da Engenharia Sanitária, abrangendo as subáreas Recursos Hídricos, Tratamento de Águas de Abastecimento e Residuárias, Saneamento Básico e Saneamento Ambiental.



Contato
SABESP - COMPANHIA DE SANEAMENTO BÁSICO DO ESTADO DE SÃO PAULO.
Endereço eletrônico: e-mail: "Revista DAE" , ichao@sabesp.com.br ; ubbarbosa@sabesp.com.br
Endereço Postal: Rua Costa Carvalho, 300 - CEP 05429-900 - SÃO PAULO - SP

2021 COMEMORA-SE 85 ANOS DA REVISTA DAE - HISTORIA DA REVISTA DAE -

Criada em 1936 como uma publicação da antiga Repartição de Águas e Esgotos (RAE), um órgão subordinado à Secretaria de Viação e Obras Públicas do Estado de São Paulo, a Revista RAE, como era chamada, tinha o objetivo de divulgar artigos técnicos voltados para o desenvolvimento do setor saneamento. Seu lançamento foi um acontecimento pioneiro, em uma época em que a engenharia sanitária era apenas uma engenharia civil aplicada aos sistemas de águas e esgotos e
a Repartição de Águas e Esgotos era onde se produzia especialistas em sistemas de abastecimento e tratamento de águas.

Vivia-se um grande momento de urbanização e industrialização e seus primeiros artigos refletem bem esse momento. Ao publicar e divulgar as experiências operacionais da RAE, a revista tornou-se referência do conhecimento e do desenvolvimento da engenharia sanitária. O crescimento e a importância histórica do
saneamento são traduzidos na própria revista, uma das mais antigas no setor.

Em 1954, a Repartição passa a ser o Departamento de Águas e Esgotos (DAE), uma autarquia. Já comemorando 25 edições, em 1955 passa, então, a ter o título de Revista DAE. Dirigida pelo engenheiro Luiz Augusto de Lima Pontes de 1969 a 1973, ganha, nesse período, um tratamento mais jornalístico com a inserção de novas editorias como entrevistas, fotolegendas e notícias, sem deixar de lado as sessões tradicionais, como as Notas Brasileiras e Notícias Técnico-
Sanitárias da Europa. A tiragem da revista triplicou e ganhou números especiais para serem levados aos congressos com artigos divulgando os trabalhos do DAE, com grande sucesso e reconhecimento.

Com a criação da Companhia de Saneamento Básico de São Paulo (Sabesp), em 1973, a responsabilidade da publicação passou para a sua Superintendência de Comunicação. Naquela época, já bastante reconhecida no setor de saneamento, contava com assinantes em toda a América Latina e em vários países da Europa, Ásia e África, chegando a receber menções de aplauso nos congressos de Engenharia Sanitária de Quito e Caracas. No decorrer de sua história, a Revista DAE sempre acompanhou a evolução do saneamento e evoluiu, também, para uma nova revista. Modernizou-se, virou uma marca, passou a ser sinônimo de credibilidade, cresceu em tiragem e em representatividade nacional e internacional. Acumulou um grande número de assinantes em todas as Américas, Europa, Ásia e África, graças aos artigos produzidos por técnicos do próprio DAE/SABESP e pela colaboração de vários professores da antiga Faculdade de Higiene, hoje Faculdade de Saúde Pública da USP. Paralelamente, a engenharia sanitária também passava por transformações. Surge o comprometimento com o meio ambiente e as discussões sobre poluição das águas e do solo, assuntos tratados pela revista já nos anos 70. Em 1985, com 50 anos de existência, a DAE já era reconhecida como documento histórico da evolução da área de saneamento e da engenharia ambiental. Era referência em salas de aulas de engenharia, citada em trabalhos científicos e comentada nas conversas do dia a dia de sanitaristas. Em fevereiro de 1994, depois de 175 edições, a Revista DAE sai de circulação, sendo resgatada 14 anos depois, em setembro de 2007, sob a direção de Américo Sampaio, engenheiro civil e sanitário, superintendente de Pesquisa, Desenvolvimento Tecnológico e Inovação da Sabesp, que retoma um projeto vitorioso.

Mesmo sendo publicada pela Sabesp, a Revista DAE não é uma publicação departamental, institucional ou regional. Recebe artigos de todo o país, de pesquisadores ligados a diferentes instituições. Se na década de 70 a maioria dos artigos publicados descreviam experiências técnicas da Repartição, hoje os artigos acadêmicos são preponderantes, cerca de 90%. Desde seu relançamento, a revista conta com um conselho editorial científico composto por profissionais, pesquisadores e professores de diferentes instituições, especialistas nas áreas de conhecimento a que a DAE se dedica. Seu passado forte e seu reconhecido valor entre os
profissionais garantiram-lhe como pareceristas nomes importantes e respeitados da engenharia nacional. Cabe ao conselho a orientação editorial da revista, definição da linha editorial, dos critérios de avaliação e questões relativas ao formato e conteúdo e sugestões de modificações de conteúdo e lay-out.


Em 2021 COMEMORA-SE 85 ANOS DA REVISTA DAE!!!!!


< voltar