A REVISTA DAE SOBE DE CLASSIFICAÇÃO NO QUALIS-CAPES E AGORA É B2

Data: 03/04/2017
Fonte: Revista DAE

A REVISTA DAE SOBE DE CLASSIFICAÇÃO NO QUALIS-CAPES E AGORA É B2


A REVISTA DAE SOBE DE CLASSIFICAÇÃO NO QUALIS-CAPES E AGORA É B2

Todos os anos, a Capes - Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (órgão que tem como atribuições a avaliação da pós-graduação stricto sensu, acesso e divulgação da produção científica, investimentos na formação de especialistas de alto nível e promoção da cooperação científica internacional), faz uma nova classificação dos periódicos e publicações de caráter científico, através de seu sistema Qualis.
O Qualis-Periódicos é um sistema usado para classificar a produção científica dos programas de pós-graduação no que se refere aos artigos publicados em periódicos científicos. Tal processo foi concebido para atender as necessidades específicas do sistema de avaliação e é baseado nas informações fornecidas por meio do aplicativo Coleta de Dados. Como resultado, disponibiliza uma lista com a classificação dos veículos utilizados pelos programas de pós-graduação para a divulgação da sua produção.
A classificação é realizada pelos comitês de consultores de cada área de avaliação seguindo critérios previamente definidos pela área e aprovados pelo CTC-ES, que procuram refletir a importância relativa dos diferentes periódicos para uma determinada área.
A estratificação da qualidade dessa produção é realizada de forma indireta. Dessa forma, o Qualis afere a qualidade dos artigos e de outros tipos de produção, a partir da análise da qualidade dos veículos de divulgação, ou seja, periódicos científicos.
A classificação de periódicos é realizada pelas áreas de avaliação e passa por processo anual de atualização. Esses veículos são enquadrados em estratos indicativos da qualidade - A1, o mais elevado; A2(os critérios A são aplicados exclusivamente a publicações de caráter internacional) B1; B2; B3; B4; B5; C - com peso zero.
Avanços para os processos da CAPES
Maior transparência dos dados para toda a comunidade acadêmica;
Redução de tempo, esforços e imprecisões na execução de avaliação do Sistema Nacional de Pós-Graduação (SNPG);
Maior facilidade no acompanhamento da avaliação;
Maior confiabilidade, precisão e segurança das informações;
Controle gerencial mais eficiente.

E, na revisão feita neste final de ano, a REVISTA DAE foi alçada à classificação B2
ou seja... todos os cuidados na seleção de artigos, o criterioso trabalho dos pareceristas, o trabalho da equipe editorial, do time de produção, enfim de todos que se dedicam e acreditam nesta que, reconhecidamente, é uma das mais significativas e representativas publicações do mercado da engenharia e da tecnologia do saneamento básico e ambiental, ganha uma nova força.
O que isso representa para nós?
Simples. Representa que 2017 será um ano de ainda mais responsabilidade, de ainda mais empenho e, com toda certeza, de maiores conquistas.

Queremos agradecer a todos. Conselho Editorial, articulistas; pareceristas, redatores, revisores, produtores e leitores... uma corrente de excelência que, neste momento, tem muito a celebrar.


< voltar